Fuscas & Dirigíveis (EP #1 / 2014)

by Simplicio Neto & Os Nefelibatas

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:24
2.
3.
05:54
4.
5.

about

Cineasta, diretor de documentários musicais premiados como "Onde a Coruja Dorme", Simplício Neto vem atuando na cena boêmia carioca desde os anos 90 do século passado, como VJ da festa Phunk!, e DJ da festa Dínamo, e como guitarrista cantor e compositor de bandas marcantes da cena underground da cidade, como os Vibrosensores, a Máquina no Mundo, o Teatro Liquido e a Banda Filme.

O baixista e backing vocal dos Nefelibatas, e também o produtor do segundo EP da banda, "Terror & Vaudeville", é Sidney Honigzstejn. Parceiro compositor e cantor da lendária Vibrosensores, que misturava psicodelia e bossa nova nos anos 90 com saudades do futuro, foi também o guitarrista do The Cigarettes, do mesmo histórico selo indie Midsummer Madness, e andou pontuando depois disso na Padaria Sinistra, junto com Lois Lancaster, que também foi comparsa de Simplício no Teatro Líquido. Juntos armaram as tramas multimeios-teatrais "A Re-volta de Charles Magnífico" (encenado no projeto ‘Fronteira – Encontro de Linguagens’, uma ocupação teatral da Funarte no Teatro Glauce Rocha, em 2011), e "O Procrastinador" (a ser apresentada no Centro Cultural Midrash, em Maio de 2015).

Já da cultuada Banda Filme, que agitou pontos-chave do Rio do começo do século XXI, como Teatro Odisséia e Teatro Dulcina, e que trilhou alguns bons curtas nacionais, além de todo o segundo longa de Simplício, "Carioca era um Rio", dois comparsas se apresentaram a essa nova empreitada da canção roqueira brasileira. Na bateria dos Nefelibatas temos o também cineasta Felipe Rodrigues, diretor do cultuado longa "A Balada do Provisório" e vários curtas. Nos teclados, nos backings e nos arranjos de base, temos Gabriel Ares. Um elo comum de toda uma cena de bandas afins da chamada Trovadélica do Sudeste, ele é também membro arranjador dos Acessórios Essenciais, do Digital Ameríndio (trabalhos solos de outros dois ex-membros da Banda Filme, Augusto Malbouisson e Sandro Rodrigues) e do carro-chefe do movimento, os Supercordas. Uma banda já resenhada pelas principais revistas especializadas e jornais do país, elogiada por grande parte dos chamados formadores de opinião da esfera musical, com fãs em todo Brasil.

Desta última sai o guitarrista e produtor do primeiro EP dos Nefelibatas, "Fuscas & Dirigíveis", o bardo moderno de Paraty Pedro Bonifrate, que vem renovando o rock da terra com elogiados álbuns solo, como "Um Futuro Inteiro", e que em seu último, o "Toca do Cosmos", gravou uma música de autoria de Simplício Neto e Fred Coelho, "Aldebaran". Lançando também, com esse EP, um manifesto sobre o trabalho de todo esse grupo de músicos e compositores, assinado também por Simplício. Em que chama a todos de "cavaleiros airosos da pós-mpb, do trans-rock, do meta-folk e do pré-apocalipse", loucos que "ainda querem fazer muitas canções cintilarem antes do juízo fonográfico final, antes que as ultimas luzes da psicodelia tropicaleira e trovadora se apaguem na Ilha de Hy Brazil".

O show de estréia dos Nefelibatas foi dia 09 /10/14 na nova meca do som independente no Rio, o Audio Rebel. Dia 11/12/14, na Sala Municipal Baden Powell, o show de lançamento do EP "Fuscas & Dirigíveis".

credits

released November 27, 2014

Todas as canções escritas por Simplício Neto, exceto "Natalina" - versão de Simplício Neto para a canção "Christmas Woman", de Surfjan Stevens. Produzido, gravado, mixado e masterizado por P. Bonifrate no Estúdio Móbile do Refresco Elétrico (Paraty) entre julho de 2012 e setembro de 2014, exceto as baterias das faixas 1 e 2, gravadas no Audio Rebel (Rio). Gravações adicionais por Sidney Honigzstejn no Rio. Simplício Neto cantou em todas as faixas e tocou violão na faixa 3. Gabriel Ares tocou teclas em todas as faixas. Felipe Rodrigues tocou bateria nas faixas 1 e 2. Thalita Aguiar fez vocais de apoio na faixa 3 e 5. P. Bonifrate tocou os demais instrumentos e fez vocais de apoio em todas as
faixas. Os Nefelibatas são: Simplício Neto, Sidney Honigzstejn, Gabriel Ares, Felipe Rodrigues e P. Bonifrate.

tags

license

about

Os Nefelibatas Rio De Janeiro, Brazil

"Os Nefelibatas" é a mais nova experiência sônica de Simplício Neto, junto com seus parceiros musicais mais constantes. Na produção, guitarras e baixos, Pedro Bonifrate e Sidney Honigzstejn. Na bateria, Felipe Rodrigues, e nos teclados, Gabriel Ares. Pós-mpb, Trans-rock, Meta-folk e Pré-apocalipse. ... more

contact / help

Contact Os Nefelibatas

Streaming and
Download help

Track Name: Vitrola
VITROLA
(Simplício Neto)

verse 1

A
o mundo gira e é bom
G
saber que nele
A D
a eletricidade impera
A C
na parede cinza da casa paterna
G A
a vitrola ligada a adolescência toda

verse 2

A
o mundo gira e é
G
devagar na cera
A D
no coração dessa vitrola
A C
vale a pena trabalhar
G A
só pra chegar e ouvir essa vitrola

bridge 1

G A
que é meu barco em direção ao sol
G A
apesar de aparelho rente ao chão
G A
a invenção de Thomas Edison
G F
imita a artilharia de Napoleão

chorus 1

Bb F
impondo o medo ao coração dos reis
C
fazendo deles meros mortais
Bb F
mas engraçado eu vejo a gloria dos reis
C
nessas almas que dançam
Bb F
ao som de antigos vinis
C
onde os fantasmas dos músicos
Bb F
enfim encontraram a paz
C
no prazer dos seus súditos

verse 3

A
eu já ouvi nessa
G
vitrola tudo
A D
que mal o coração vislumbra
A C G
o mito do amor verdadeiro, o derradeiro mistério
A
que une a claridade e a sombra

verse 4

A
quando o meteoro-mór
G
chegar um dia
A D
e estilhaçar toda vidraça
A C
se a vitrola não escangalhar
G A
corram com ela para o coreto da praça

bridge 2

G A
onde um aventureiro irá discotecar
G A
as pérolas de alguma coleção
G A
que um dia um garimpeiro ergueu do chão
G F
de uma loja empoeirada da estação central


chorus 2

Bb F
onde eu vi os heróis de 9 as 6
C
entupirem os ônibus
Bb F
nos dias úteis de fim de mês
C
do inicio desse século
Bb F
a vitrola será mais uma vez
C
o maior espetáculo
Bb F
e o dj, e o palhaço, o que é?
C
um messias de plástico...
Track Name: Segunda-Feira em Oz
SEGUNDA FEIRA EM OZ
(Simplício Neto)

1.
A7 C
Menina não chora
Bb7
Não queira
Eb F
Prestar queixa agora
A7 C
Agüenta... espera...
Bb7
Está claro
Eb F
Você ainda é uma amadora
D C
Mas se você quiser
Bb7 A7
Eu pergunto pro Grão-Vizir
E7 D
Pois basta qualquer mil-réis
F7M A7
Pra saber quem talhou sua cruz
E7 D
Como é que se sai de Oz
F7M A7
E qual o horário dos aviões
F7M A7
Então guarde qualquer mil réis
B7 A7
Pro anjo guardião do oráculo
B7 C7
Pro anjo guardião do oráculo
G7 C7
Que irá se entreter em decifrar
B7 C7 B7
O significado... original
G7 C7
Perdido nesse seu olhar
B7 C7
Herança do passado
B7 C7
A marca de um pecado
B7 G7
Original


2.

Menina quem te paquera

Quem te penteia

Quem te agasalha, quem te aconselha

Todo dia é segunda feira

Lote te espera

Em algum subúrbio de Gomorra

Mas se você quiser

Eu pergunto pro Grão-Vizir

Pois basta qualquer mil-réis

Para ele te dar uma luz

Dizer onde estão seus pais

E pra onde fugiram os arlequins

Então guarde qualquer mil réis

Pro anjo guardião do oráculo

Pro anjo guardião do oráculo

Que irá se entreter em decifrar

O significado... original

Perdido nesse seu olhar

Herança do passado

A marca de um pecado

Original
Track Name: Natalina
NATALINA
(Ins-pirada em Xmas Woman)

natalina (natalina)… com sua permissão
pega uma quarta
de farinha
e dá pra esse cristão

sou romeiro… rumo ao canindé
vem minha véia
dá tua bença
que eu vim foi do Piauí a pé

dá-me um gole (da cabaça)... que eu já andei foi chão (que eu já andei foi chão)
toda a quaresma
na caatinga
andei na escuridão
(andei na escuridão)

instrumental

natalina (natalina)… eu passei precisão
ouvindo nada
só a zuada
do cavalo do cão

sinhá dona (vem e prega) … a fé na redenção
acende a vela
mode o teu fio
num morrer pagão

o meu reisado (no teu roçado)… é conforme a lei
de Deus todo
poderoso
sinhô de Israel

vem negada (que a toada)… louva o Cristo Rei
por sua graça
nessa seca
eu num dermantelei

natalina (natalina)…. é que eu sou filho de adão
que é quem deu nome
a toda fera
que anda no sertão


refrain
natalina (natalina)

parte instrumental

parte do cantor

e eu trouxe Sálvia, eu trouxe a Salsa
eu trouxe o Alecrim e o Tomilho
pra assá a banda
dum carneiro
que a onça levou o novilho

e eu vi a águia eu vi o touro,
eu vi o anjo e o leão
eram os evangelistas
Mateus, Marcos
Lucas e João

e (ao menos) é o que conta natalina
sobre a saga nordestina
que sua cultura
é celtibera
e afro ameríndia
Track Name: Fuscas & Dirigíveis
Fuscas & Dirigíveis
(Simplício Neto)

1.

ESTROFE

C7
Mãe Esso

D7 Am F7M C7
Amamente os tanques de fuscas e dirigíveis
D7 Am
O planeta ainda é dos ianques
F7M C7
E dos ciúmes confessáveis
G/B D/F#
Diremos o que for preciso
F7M D7
Ao Pai... no dia do juízo
F7M D7
Pra que ele... então nos esclareça
C7 D7 C7
O ocorrido.... no dia da Queda
D7 C7
.... no dia da Queda
Bb7
Queda
G7
Queda


REFRÃO

Ab7 G7 Bb7
Por ordem das estátuas / do solar do marques,
Ab7 G7 Bb7
vinda da goela dos leões / do templo dos maçons
Ab7 G7 Bb7
foram suspensas as jogadas / no Grêmio de Xadrez
Ab7 G7 Bb7
nos hotéis três estrelas / na hora dos Trapalhões
Eb Bb C7
a raça que falava o Português
Bb F C7
mas fugiu na nave que nem custa... der merréis
Eb Bb C7
Pois suas peças, de bauxita e manganês
Bb F C7
Eram sobras do minério de Carajás


2.

ESTROFE

C7
no campus,
D7 Am F7M C7
netos de fazendeiros usam anéis de marujos promíscuos
D7 Am
caçam Morcegos nos mamões maduros
F7M C7
armam Manobras de intentos macabros
G/B D/F#
como a do Do Cristo da Última Ceia
F7M D7
Doido de vinho nas idéia
F7M D7
Os pés do traidor enxágua
C7 D7 C7
Pra que este... entenda a Teogonia
D7 C7
...da Tora ao Tutaméia
Bb7
Meia
G7
Meia


REFRÃO

Ab7 G7 Bb7
Lidos no luz fraca / de um salão de interior
Ab7 G7 Bb7
Onde só as manicures / sentem o reluzir
Ab7 G7 Bb7
das antenas de alumínio / do Alto do Sumaré
Ab7 G7 Bb7
Na tela plana do aparelho / que não nos diz o porquê
Eb Bb C7
Do comércio que apressa o amanhã
Bb F C7
Da carência indefinida e original
Eb Bb C7
Do homem que fugiu do Zyclon-B
Bb F C7
Nos foguetes do Cabo Canaveral


3.

ESTROFE

C7
A saída
D7 Am F7M C7
do Shopping Center, no clique da tecla Enter
D7 Am
na trama da telenovela

F7M C7
Na guarita da ladeira
G/B D/F#
Guardada por exus e arraias
F7M D7
E dúzias de lobisomens
F7M D7
E nuvens de vaga-lumes
C7 D7 C7
Guardada... pelos eguns e os guias
D7 C7
pelos eguns e os guias
Bb7
os guias
Bb
os guias



REFRÃO

Ab7 G7 Bb7
Que zombam do esforço de Satanás
Ab7 G7 Bb7
Em conquistar as Terras... do-sem-fim
Ab7 G7 Bb7
Se o que viceja nos...Campos Gerais
Ab7 G7 Bb7
É o ônibus da Ita...pemirim
Eb Bb C7
Onde só vai eu cum a minha cuia de cuzcuz
Bb F C7
Onde só vai tu, cum a tua viola, e o rock inglês
Eb Bb C7
Onde só vamos nóis, com o orgulho dos infiéis
Bb F C7
Que no fim da Micareta... dançam nus...
Bb F C7
É a Nau Catarineta, qual se fora a Ópera dos três vinténs
Track Name: Trip em três tempos
TRIP EM TRÊS TEMPOS
(Simplício Neto)

0. PROLOGO e CODA, mesmos acordes do CHORUS

1.
VERSE (C e D)

quando o vinho
foi servido
nos jardins
do arcebispo
mais velha que a sé de Braga
a bruxa quis ser sua amiga

BRIDGE ( D / C / G / D )

mais linda
que a terma romana
sorriu-te essa maga
estranha e bela rapar iga

e então foi que eu ouvi
algo que não
estava em qualquer programação

CHORUS
D
obrigado por ter
C
sacudido
G
as abelhas no
D
meu vestido
C G
e por ter me escondido
D
meu rosto em seu cabelo

REFRAIN

F C
há o amor, há o perigo
G
nas ameias do castelo (2x)


2.
VERSE (C e D)

em Santiago
só chovia
na viela os vultos
é o que eu via
véus, vieiras e amêndoas
enfeitando as peregrinas

BRIDGE ( D / C / G / D )

deslizando
no brilho das pedras
da viela antiga,
deixando a noite assim mais fria

e então foi que eu ouvi
algo que não
estava em qualquer programação

CHORUS:

D
gajo, quando fores
C
pra Londres
G
fique amigo
D
dos corvos
C G
se os cisnes adornam parques, os corvos
D
guardam as torres

REFRAIN:

F C
e pelas pontes me levaram longe
G
do portão dos traidores (2x)


3.

VERSE:

farto de tulipas
e de estátuas
enfiando enfim
num velho pub
você chega na ruiva de verde
outra menina de cardigan

BRIDGE ( D / C / G / D ):

e de legging
comprado em camden town
falou em bom português
apesar do scarf pakistani

e então foi que eu ouvi
algo que não
estava em qualquer programação


CHORUS:

D
na escadaria
C
do caraça
G
vimos os lobos saindo
D
da névoa
C G
que cobria eu e você
D
e o esquilo caxinguelê


REFRAIN:

F C
bom é vê o guará, e a lebre tapiti
G
de graça no caraça (2x)